Após queda nas vendas de iPhone, Apple planeja reduzir preços

Após queda nas vendas de iPhone, Apple planeja reduzir preços

A Apple anunciou que planeja reduzir o preço de alguns modelos de iPhone, fora dos Estados Unidos, para miminizar o impacto da valorização do dólar sobre moedas locais. A empresa afirmou que ainda não está definido em quais mercados isso acontecerá e se o Brasil é um deles.O anúncio veio depois de um período de queda nas vendas do smartphone, apontado no balanço trimestral divulgado na terça-feira (29). No último trimestre do ano passado, a Apple vendeu 15% menos aparelhos do que no ano anterior. É a primeira queda no faturamento da empresa no quarto trimestre desde 2000 — um período importante por conta das vendas de final de ano.

A empresa já havia anunciado uma redução na expectativa de faturamento no quarto período de 2018, um anúncio que impactou o mercado no começo do ano, levando as ações à maior queda diária em 5 anos.O faturamento do trimestre foi de US$ 84,3 bilhões, queda 5% em relação ao mesmo período em 2017.A Apple apenas reduziu o preço do aparelho uma vez antes, pouco depois de seu lançamento, em 2007. Agora, a redução vem no intuito de ajudar também a conter o aumento de preços em mercados emergentes, como China e Turquia, onde as vendas também sofrem com a desvalorização cambial em relação ao dólar.

Além do preço, a Apple tem enfrentado concorrência de marcas chinesas como Xiaomi e Huawei, que inclusive tomou o posto de segunda maior vendedora global de smartphones da americana em julho de 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *